sábado, 15 de julho de 2017

Teoria - Dormin é o Master of the Valley


A origem do Master of the Valley é um dos pontos mais misteriosos de The Last Guardian. A única coisa que o jogo conta é o nome pelo qual ele é conhecido, fora isso temos que tirar nossas próprias conclusões através do que é mostrado e das pistas que pegamos pelo jogo.

Existem diversas teorias sobre sua natureza, e uma delas é que de alguma forma ele tem ligação com Dormin. Afinal, a energia maligna mostrada no jogo é semelhante ao que vemos em Ico e Shadow of the Colossus, então é uma conexão que fazemos naturalmente. Mas como fundamentar isso no que aparece no jogo? Pois é o que veremos hoje!


quarta-feira, 12 de julho de 2017

Coisas que queremos iguais no remake!


Já falamos em posts passados sobre as melhorias que esperamos no remake e as novidades que seriam bem-vindas. Agora chegamos num ponto ainda mais importante: aquilo que a Bluepoint não deve tocar ou que deve refazer da forma mais igual possível.


sábado, 1 de julho de 2017

Ueda tem uma lista de mudanças para o remake

Boas notícias para quem espera algo a mais no remake de Shadow of the Colossus!

Em entrevista, Fumito Ueda revelou que tem uma "lista de mudanças" que gostaria de ver no remake. "Transmiti o meu pedido sobre o conteúdo e ajustes, mas não sei se a implementação será o que eu disse".

Como ele não tem certeza se as mudanças serão feitas ele não pode revelar quais são, para não criar expectativas e não corresponder. Mas ele claramente fala de conteúdo, portanto algo novo pode realmente vir!

Entretanto, novos colossos continuam sendo algo fora de questão. Ueda disse que "nesse jogo existem 16 inimigos e existe uma história para esses 16 inimigos. Então para mudar essa história... eu não penso em mudá-la. Está terminada com 16 inimigos. Está ok."

Enfim, acho que agora dá para ter mais esperanças sobre novidades no remake, pois se boa parte dos fãs e o próprio criador são a favor disso, seria estranho ignorar totalmente. Vamos esperar e ver o que acontece!

Até o próximo post!

sexta-feira, 30 de junho de 2017

A melhor coisa sobre o segredo é que ele não era real


Enquanto zerava The Last Guardian pela primeira vez e via alguns vídeos do jogo no Youtube eu me deparei com um vídeo relacionado que falava do "final secreto" e como liberá-lo. No final das contas era mais uma cena pós-créditos do que um final secreto de verdade, mas o que importa é que quando eu li o nome do vídeo tudo que eu pensei foi "Poxa, mas que sem graça".

E depois eu parei para pensar: por que um final secreto, algo que muitos procuraram no SotC, seria algo sem graça agora? Então eu percebi que o segredo nunca foi importante, o que importava era procurar por ele. Na verdade, a melhor coisa sobre o segredo foi o fato dele não existir.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Novidades que gostaríamos de ver no remake!


Yoshida já disse que o conteúdo do remake não será diferente do PS2. Mas nós somos sonhadores e não conseguimos deixar de imaginar que algo possa vir, afinal a voz dos fãs pode ser ouvida, ou eles podem colocar algo que não está nos planos ainda. Algumas coisas seriam simples, outras seriam literalmente gigantescas.

Por mais que seja difícil, o próprio Ueda disse que pensou em incluir conteúdo novo na Collection e, que embora tenha desistido, poderia fazê-lo em uma oportunidade futura, caso fizesse um remake. E lá estão eles fazendo um remake, é a chance que temos!

Sem maiores delongas, vamos para a lista, partindo do mais fácil para o mais difícil!


domingo, 18 de junho de 2017

Melhorias que queremos ver no remake!


Shadow of the Colossus está indo para sua terceira versão, e se na época da Collection já ficamos animados em ver o que seria melhorado no PS3, agora que o jogo está chegando no PS4 e não é apenas um remaster, mas um remake, temos muito mais motivo para antecipar as novidades e o lançamento do jogo.

Por isso hoje vamos imaginar um pouco o que podemos ver de legal na mais nova edição do jogo!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Shadow of the Colossus para PS4 terá novos controles


Todos estamos vendo o trailer do remake de Shadow of the Colossus e imaginando o que exatamente será mudado. Em entrevista, Shuhei Yoshida esclareceu um pouco mais sobre isso.

O jogo será um remake, não um remaster. O conteúdo permanece o mesmo, mas todos os modelos estão sendo refeitos. Os controles também estão sendo modificados para chegar no padrão atual de gameplay.

Mas para quem quiser, o estilo original dos controles também estará disponível. Assim ninguém fica insatisfeito.

Também ficamos sabendo que Fumito Ueda está presente no desenvolvimento, embora de forma mais distante. Ele é supervisor e consultor do remake.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Shadow of the Colossus vindo para PS4!


Primeiramente, peço desculpas pela falta de postagens sobre The Last Guardian. Realmente tem muito mais para falar sobre o jogo, mas por motivos pessoais (em menos de duas semanas eu serei um homem casado!) tem sido mais difícil arrumar tempo para cuidar do Forbidden Lands.

Mas hoje não dava para evitar, afinal a Sony nos pegou de surpresa ontem. No geral foi uma conferência sem graça, e se analisarmos friamente um remake de um jogo do PS2 que já recebeu remaster no PS3 também não é digno de muito mérito.

MAS A GENTE NÃO CONSEGUE ANALISAR FRIAMENTE, É SHADOW OF THE COLOSSUS! NÓS ADORAMOS SHADOW OF THE COLOSSUS!


No início do ano já havia sido dito que a Bluepoint (que fez a ICO e Shadow of the Colossus Collection) estava dando um tapa em mais um clássico Playstation. Ninguém imaginava que seria mais uma vez o clássico da Team ICO, mas agora sabemos que é, e está sensacional!

Vamos para as imagens!



Para começar, uma visão do nosso cenário. O que se destaca é que muita coisa que era detalhado através de texturas agora foi transformado em polígonos. Podemos ver como a rocha da passagem ganhou mais vida e realismo. Também podemos ver isso na Shrine of Worship, o que antes era modelado com pouca resolução nessa distância agora está muito mais detalhado.

Um detalhe adicionado foi a vegetação crescendo pela Grande Ponte. Apesar disso, tanto a ponte como a SoW perderam um pouco do tom esverdeado, que se destacava no original, para ganhar um tom mais real.



Olhando os colossos então, a diferença fica ainda mais impressionante. Todos aqueles símbolos na pedra, que eram texturas, agora são modelados e isso dá um destaque tremendo para eles.

E como não falar no visual dos pelos? A técnica da Team Ico no PS2 sem dúvida era milagrosa, mas o tratamento que eles receberam agora os transformou completamente. Eles até reagem ao vento!

Recomendo que vejam a imagem acima por inteiro e com zoom, dá para ver cada fio se contorcendo pelo vento e movimento do colosso, é sensacional!


É difícil descrever como os colossos ganharam nova vida com essas mudanças. Os colossos que vimos ontem foram Valus, Quadratus, Gaius, Barba e Phalanx. Os que mais me impressionaram foram Valus e Gaius (OLHA AQUELAS GRAVURAS NO BRACELETE, AQUELAS RACHADURAS NA ESPADA! AAAAAARGHRURBURGBRUBRRR), mas foram os que apareceram mais e mais de perto, portanto acho que todos vão nos impressionar.


A atmosfera segue no clima do original, mas é visível que a iluminação sofreu melhorias. O "bloom" da Team Ico não apareceu, mas a iluminação está bem forte, como podemos ver quando Wander está no braço de Valus e passa da sombra para a luz.

O layout dos cenários permanece o mesmo, mas é visível que a atmosfera nova cria uma sensação diferente. Ao ver o covil do Barba e a arena do Kuromori o meu pensamento foi "Eita, aumentaram os cenários!", mas ao ver melhor acho que não foi o que aconteceu, apenas parecem diferentes.


Agora é esperar mais novidades, e torcer para que dessa vez possamos ter conteúdo novo. Não quero ver o Adar Flam e o Arachnis escapando mais uma vez.

Até a próxima!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Sabe de onde vêm os desenhos da abertura de TLG?


Como disse nas minhas primeiras impressões, a abertura de The Last Guardian conta com desenhos científicos de diversos animais, algo que é bem interessante e contrasta bastante com o universo do jogo.

Eu inicialmente achei que fossem criados pela própria GenDesign, apenas buscando imitar o estilo de desenhos antigos. E por mais que isso fosse algo muito mais legal, na verdade os desenhos são baseados na enciclopédia Historiae Naturalis, escrito por Plínio entre os anos 77dC e 79dC.

A única diferença é que a equipe espelhou os desenhos. As comparações:






 





 




 
 
 
 

E para minha surpresa, não só os animais reais foram tirados do livro, animais mitológicos e lendários também!





 
 
 

Logicamente, o único que não foi tirado do livro, e nem teria como, foi esse:


Enfim, esses são os principais, durante os loadings outros aparecem e também são retirados do livro. É interessante ver de onde tiraram, mas algo mais interessante é ver algo desse tipo incluído em um jogo da Team Ico, afinal é notavelmente diferente do universo do jogo.

Algo interessante é que boa parte dos animais ilustrados possuem características em comum com Trico. Asas, penas, chifres, estrutura do corpo e cabeça, e até mesmo

[SPOILERS]o comportamento, no caso das formigas e abelhas, já que os Tricos são condicionados a uma espécie de comunidade onde existe um exército de operários que serve um único líder.[SPOILERS]

Até a próxima!

sábado, 7 de janeiro de 2017

Teoria: Existiam outras criaturas gigantes no vale?



Post sem spoilers!

Tricos são criaturas únicas. Seres alados gigantes, dotados de força, agilidade e poderes altamente destrutivos. Mas será que eles sempre foram assim tão únicos? Ou no passado existiram outras criaturas que poderiam rivalizar seu poder?

Jogando pela segunda vez eu notei um detalhe que poderia significar que eles tinham companhia dentro do vale. E é disso que falaremos hoje!


Esse detalhe são as armaduras, nossos inimigos.

Você deve perguntar, "Oras Cacique, o que as armaduras têm a ver com isso?"


Pois bem! Desde que o jogo foi anunciado, uma característica notável das armaduras é que elas captam certas coisas dos tricos. Na imagem acima, por exemplo, notamos que anteriormente eles possuíam penas reais no capacete.


Algumas mudanças aconteceram, mas esse conceito permaneceu. Os pontos que podemos traçar entre tricos e as armaduras são: Um bico, chifres no topo da cabeça curvados para a frente e peças em formato de penas no cinturão.

Ou seja, dá para fazer a comparação sem dificuldades. Mas a questão é: esse não é o único tipo de armadura no jogo, temos mais três. E se esse tipo representa os tricos, o que exatamente essa daqui representa:

Lagostas? Aliens? O Benedict Cumberbatch??

Enfim, vamos analisar as características dos outros modelos:


Essa armadura azul possui uma cara mais arredondada, sem o formato evidente de um bico. Além disso não possui as penas no cinturão e possui apenas um chifre, que fica na parte de trás da cabeça.

Essa outra tem um visual mais animalesco. O capacete parece mais com um focinho do que com um bico e os chifres estão nas laterais da cabeça. Esse também não tem as penas no cinturão.


Essa última aparece somente em um local do jogo. Além da cor branca, ela possui um bico alongado para baixo, talvez até uma tromba, olhos pequenos e saltados da cara, chifres mais finos e mais próximos e as penas do cinturão são mais finas e com espinhos.

Ou seja, como essas armaduras deveriam representar trico se as características diferem consideravelmente da sua inspiração?



Chifre virado para trás? Olhos saltados? Por que inclui-los no visual da armadura se a criatura que está inspirando o processo não possui nada disso? Não faz sentido.

E se eles não estavam se baseando nos tricos, no que diabos poderia ser?

É isso que me leva a crer no que mencionei a princípio, de que os tricos não deveriam ser as únicas criaturas do vale. Assim essas outras armaduras seriam feitas especialmente para os guerreiros que usassem as outras feras, deixando tudo combinando.

Ou no mínimo deveriam existir outras espécies de tricos que eram diferentes o bastante para justificar as diferenças nas armaduras. Isso poderia explicar os chifres brilhantes, presentes em todos os tipos de armaduras.


Se olharmos as estátuas do cenário, todas são de tricos exatamente como os conhecemos. Isso poderia significar que os tricos sempre foram as feras principais, ou que foram os primeiros a serem domados e o povo não chegou a fazer estátuas para os outros.

E se levarmos essa ideia mais a frente, o que teria acontecido para que as outras criaturas sumissem do vale?

Compartilhem suas interpretações!

Até a próxima!