sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Como é voltar para SotC depois de tanto tempo


Como disse no post passado, decidi voltar a jogar SotC no PS3 em antecipação ao remake. E de repente me ocorreu que já são quase 10 anos desde que eu joguei pela primeira vez.

Diabos, 10 anos!

Eu perdi há muito tempo a conta de quantas vezes já zerei o jogo. Foram dezenas de lutas contra cada colosso e muitas horas explorando a Forbidden Lands, mas fiquei um bom tempo sem jogar desde a última vez. E voltar a jogar depois de tanto tempo é interessante, algumas coisas mudam bastante.


sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Porque eu nunca platinei um jogo da Team ICO


Eu não me considero um caçador de troféus. Tenho lá umas 20 e poucas platinas, mas a maioria de jogos que eu realmente gostei e que não foi um grande sacrifício pegar todos os troféus. Eu jogo normalmente, vejo quão difícil ou quão chata é a platina e, dependendo de como for, então vou realmente atrás dos troféus.

Mas, embora os jogos da Team Ico estejam entre os meus favoritos, não platinei nenhum deles. Existem motivos bem específicos para isso, então sigam-me os bons para ver os troféus mais problemáticos da trilogia!

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Teaser de um novo jogo?


O site da GenDesign foi atualizado com uma mensagem de ano novo acompanhada de uma imagem misteriosa. Descendo na página podemos ver um feixe de luz surgindo, passamos por alguns pássaros brancos e terminamos na seguinte imagem:


Seria esse um teaser para o próximo jogo da equipe? A garota no altar, de aparência frágil e resplandecente, lembra Yorda, Mono e também a garota no logo da equipe. Enquanto isso a criatura que aparece parcialmente, revelando apenas uma pata gigante, lembra tanto Trico como os colossos.

Sem falar, claro, no altar que também lembra a Shrine of Worship, as aves brancas voando que também estavam presentes em SotC, e o contraste de luz e sombras que é tema nos jogos da Team ICO.

Seria isso apenas algo que remete ao legado da equipe (assim como o próprio logo) ou uma prévia do que vem a seguir? Acho que seria trabalho demais para apenas uma imagem acompanhando uma mensagem de ano novo, então creio que existe algo por trás. Se não fosse nada além acho que uma imagem do The Last Guardian mesmo faria muito mais sentido.

Mas se realmente for um jogo novo eu fico de certa forma preocupado. The Last Guardian já foi uma mistura dos outros jogos da equipe, e se julgarmos pela imagem (o que é difícil de se fazer, é claro), essa cena é ainda mais parecida com o que já vimos. Eu realmente prefiro algo que pareça vindo do mesmo universo, mas se a mudança for grande - como de Ico para Shadow of the Colossus - eu ficarei bem mais animado.

É esperar pra ver, que venham mais novidades em 2018. Ueda já confirmou que está trabalhando em um novo projeto, então sendo relacionado à essa imagem ou não, é possível que tenhamos notícias logo. 

Até a próxima pessoal!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

O Master of the Valley deixa o garoto viver?

 
O Master of the Valley tenta o tempo todo impedir que Trico e o garoto escapem do Ninho, enviando armaduras e tricos que colocam os dois em situações perigosas diversas vezes. O garoto poderia facilmente morrer em diversas dessas situações, mas será que o Master of the Valley realmente quer matar o garoto?
 
Uma parte em especial do jogo me fez questionar isso.


Essa parte é quando o garoto se perde de Trico e encontra o trico do mal. Ali estamos sozinhos e bem vulneráveis, portanto a fera tenta nos atacar sem nenhuma piedade. Mas como a batalha acaba? O garoto se enfia em uma jaula, cai no meio do cenário e começa a ser jogado de um lado para o outro pelo bichano até que os chifres dele brilham e ele vai embora.

Naquela situação, embora o trico não pudesse atingir o garoto diretamente, seria muito fácil feri-lo até a morte jogando a gaiola contra as paredes ou pelos barrancos. Mas o Master of the Valley ordena que ele vá embora, deixando o garoto vivo. Claro que se Trico não aparecesse o garoto acabaria morrendo de fome ou sede, mas se o Master of the Valley realmente quisesse a morte dele essa seria a escolha mais imbecil possível.

Então dá para concluir que o Master não quer simplesmente impedir que o garoto vá embora, ele ainda quer usá-lo e o garoto precisa estar vivo para isso. Enquanto o garoto está fora da gaiola, o trico do mal poderia engoli-lo e levá-lo ao Master, mas assim que o garoto entra na jaula isso não é mais possível, portanto faz sentido que o Master of the Valley tenha impedido que ele continuasse atacando. 
 
Talvez ele enviaria armaduras para capturá-lo, mas como o local é de difícil acesso Trico acabou chegando antes e resgatou o garoto.


Outra situação que chamou a minha atenção é que as armaduras também não tentam matar o garoto, apenas levá-los para o Master. Eles possuem armas, mas não usam nenhuma delas contra o garoto.

Um local que evidencia isso é o corredor que dá acesso à arena. Não existe nenhuma porta azul, então se as armaduras capturam o garoto elas simplesmente ficam lá paradas, sem saber o que fazer. Por que não atirar o garoto para a morte? Seria uma forma fácil de acabar com o problema. Eu não acho que a Team Ico se esqueceu de colocar uma porta azul aqui, ou que se esqueceu que as armaduras não foram programadas para agir nessa situação.


Isso nos leva ao ponto chave: qual a real importância do garoto?

Talvez os humanos aptos a se tornarem sacrifício são bem raros. Sabemos que o rapto do garoto foi o primeiro a ocorrer na aldeia naquela geração. E também vemos no final que muitos tricos voltam ao Ninho com o chamado do MotV, mas apenas dois trazem oferendas. Talvez seja difícil de encontrar os escolhidos e portanto o Master não pode deixar um deles morrer quando já está no Ninho.

Outra possibilidade é que cada um dos escolhidos seja muito especial e necessário para a vida do Master of the Valley. O garoto, no caso, já estava marcado pelo poder dele, então talvez já estivesse ligado ao Master de alguma forma.

Na luta final é possível dizer que é onde o garoto passa mais perto da morte. Um dos tricos o agarra com o bico e o joga para a morte, enquanto o outro trico faz manobras no ar tentando derrubá-lo. Acho que isso fortalece a primeira opção, de que o Master simplesmente não quer desperdiçar um dos escolhidos, mas nessa altura da história é melhor matá-lo do que deixá-lo escapar.

Enfim, é um comportamento interessante do Master of the Valley que achei que valia comentar um pouco. Deixem suas opiniões e até a próxima!!

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Novos trailers, imagens e um novo item!



A Paris Games Week começou ontem e a Sony já fez sua conferência, incluindo mais uma dose do nosso remake de Shadow of the Colossus para o PS4.


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

O Castelo vs O Ninho


ICO e The Last Guardian possuem diversas semelhanças, sendo uma delas o próprio objetivo principal: escapar desse lugar doido no qual você foi parar.

Assim somos apresentados ao Ninho e ao Castelo. Inicialmente lugares que não fazemos ideia do que são, mas que logo vamos descobrindo seus caminhos, perigos e etc. Eles praticamente se tornam personagens da história, pois através das suas formas de manter nosso personagem preso é que toda a história do jogo caminha.

Mas qual deles é o mais legal? Sem dúvida é difícil decidir, então no post de hoje faremos as devidas comparações para descobrir qual é o melhor cenário inescapável!

E não, eu não inventei essa palavra!

Sigam-me os bons!